Centro Interpretativo do Castelo e Territórios de Pinhel

Centro Interpretativo do Castelo e Territórios de Pinhel

Inaugurado no dia 25 de agosto de 2021, o Centro Interpretativo do Castelo e Territórios de Pinhel assume-se como um novo atrativo e pretende dar a conhecer aos visitantes não só a história do Castelo, como também este território de fronteira que sempre assumiu um papel de relevo na história da Portugalidade.

O Castelo de Pinhel, de que se destacam duas Torres Medievais, foi valorizado com a instalação de um Centro Interpretativo do Castelo e Territórios de Pinhel em que se procura dar a conhecer os factos e as personalidades que marcaram a História local e nacional, mas também os pormenores relacionados com o próprio Castelo, classificado como Monumento Nacional.

Pretende-se, com esta nova valência, potenciar a atração de novos públicos e permitir um melhor conhecimento e divulgação dos patrimónios concelhios, através de diversos painéis que fazem referência à origem e evolução histórica deste monumento, bem como à sua importância no contexto regional e nacional.

Com a visita às duas Torres, com conteúdos científicos e recursos expositivos que se complementam, os visitantes têm agora oportunidade de conhecer os principais factos e personalidades que marcaram a História de Pinhel ao longo dos séculos.

Aqui também é possível descobrir a Lenda do Falcão, através de um pequeno filme que retrata a participação das gentes de Pinhel na batalha de Aljubarrota, assim como algumas evidências do património arqueológico do Vale do Côa (Património da Humanidade) e, ainda, as potencialidades do património natural deste vale, que podem ser contempladas em todo o seu esplendor a partir do miradouro da Faia.

Na Torre Manuelina faz-se referência ao sistema defensivo de Pinhel e ao controlo que o Castelo de Pinhel tinha sobre o caminho que levava à travessia do Rio Côa quando este era a “linha de fronteira” entre os reinos de Portugal e Leão.

Através do recurso às novas tecnologias, pode ainda visualizar-se uma reconstituição virtual do Castelo de Pinhel, com ênfase nos espaços interiores da torre e nas vivências das pessoas, à época.

Em suma, mais do que uma visita, pretende-se proporcionar experiências e, mais do que isso, fazê-lo de modo atrativo, a pensar também nos públicos mais jovens e nas interações que os tempos modernos promovem e exigem.

Horário:
Horário de Verão: terça-feira a domingo: 10.00h / 12.00h e 14.00h / 19.00h (abril a setembro)
Horário de Inverno: terça-feira a domingo: 10.00h / 12.00h e 14.00h / 17.00h (outubro a março)
Encerra: 1 de janeiro, domingo de Páscoa e 25 de dezembro

Entrada gratuita

Para mais informações: museu@cm-pinhel.pt | turismo@cm-pinhel.pt